A união dos profissionais de compliance é que pode fazer a diferença

“Muitas vezes, parece que lutamos contra o mundo. Um mundo de jeitinhos. Se nós (profissionais de compliance) não nos unirmos, talvez não tenhamos força suficiente para fazer a transformação que a Ministra Carmem Lúcia acabou de dizer que precisa ser feita”, diz a sócia-fundadora da LEC, Alessandra Gonsales em suas considerações iniciais no 7º Congresso Internacional de Compliance. Todos os 1000 lugares disponibilizados para o evento estão ocupados, fazendo deste evento, o mais bem sucedido da história do compliance em toda a América Latina.