CEO’s tratam do apoio da liderança ao compliance

Para o presidente da Serasa-Experian, José Luiz T. Rossi, é da alta liderança que deve vir o exemplo. “A Serasa é fiel depositaria de dados de consumidores e empresas. Se não mantermos um alto padrão ético e de segurança a gente vai perder o nosso principal ativo: a confiança”, diz o CEO da empresa de informações. Para ele, é isso que dá o tom do negócio.  A Serasa tem um modelo estruturado de compliance bastante robusto, o que é uma condição, mas  não o suficiente. “O que é mais importante, além de mostrar com exemplos no dia a dia que é importante fazer o que é certo,  investimos para trazer as pessoas certas para a companhia. Trazendo pessoas éticas e integras o nosso trabalho fica muito mais fácil”, pontua.