Quais os benefícios na relação entre coaching e compliance?

Em um mercado tão competitivo, a busca por aperfeiçoamento deve ser constante. Para tanto, é fundamental buscar não apenas o conhecimento técnico, mas também as competências comportamentais. Nessa hora, a relação entre coaching e compliance pode fazer toda a diferença ao permitir o desenvolvimento em diversos níveis.

Para os profissionais da área de compliance, fazer parte desse tipo de treinamento pode ser uma oportunidade de atingir seus objetivos mais rapidamente. O coach pode ajudá-lo a encontrar soluções e respostas a questionamentos, levando-o a um autoconhecimento.

Por que fazer coaching? Neste post, vamos mostrar os principais benefícios dessa prática para quem é da área de compliance. Continue a leitura e descubra!

O que é e como surgiu o coaching?

O processo de coaching consiste num trabalho de orientação. Ele busca soluções para atingir determinados objetivos — sempre de acordo com a realidade de cada pessoa. Assim, procura estabelecer um contexto favorável de crescimento profissional e pessoal.

O profissional dessa carreira é conhecido como coach, enquanto os orientados são chamados de coachee. Para que o processo funcione, é muito importante estabelecer entre os dois uma relação de diálogo e confiança, de modo a aumentar a autoestima e incentivar todo o potencial dos clientes.

O coaching começou a ser adotado na década de 1830, na Inglaterra, como sinônimo de tutor, orientador. Na mesma época, o termo também ganhou destaque para designar os treinadores esportivos.

Só a partir dos anos 1950 que ele passou a ser usado na área de negócios para o desenvolvimento humano, como o conhecemos hoje. Desde então, devido aos bons resultados apresentados na gestão de pessoas, conquistou bastante espaço no meio corporativo.

Portanto, não é por acaso que cada vez mais pessoas têm se interessado por essa prática. Se for aplicada por profissionais capacitados, ela contribui bastante para o desenvolvimento do coachee, que pode encontrar um caminho mais rápido e seguro para alcançar seus objetivos e realizar seus sonhos.

Como funciona esse processo na prática?

O coaching envolve um prazo determinado e tem início, meio e fim. Esse processo é preestabelecido pelo coach, conforme as necessidades do orientado. No entanto, caso surja algum imprevisto ou o autoconhecimento leve a pessoa a mudar seus objetivos, ele pode ser estendido ou modificado.

A orientação funciona em sessões, que podem ser semanais, quinzenais ou mensais. Ela dura de uma a duas horas, de acordo com a frequência das reuniões. Também pode ser individual ou coletiva, dependendo da necessidade de cada um. Além disso, é bom destacar que existem diversos tipos de coaching, que se adaptam aos objetivos do coachee. Há, portanto, o coaching de carreira, de vida, executivo, financeiro, de relacionamento, esportivo etc.

De qualquer maneira, independentemente do tipo e dos objetivos, o processo pode ser divido da seguinte forma.

Psicogeografia

É um processo de análise da influência do ambiente no treinamento e no emocional de uma pessoa. Ou seja, o coach encontra a maneira como o coachee se sente mais confortável para realizar a sessão, de modo que ele possa desfrutar ao máximo dela. Dessa forma, não existem regras para se construir um lugar ideal — tudo vai depender da personalidade e da preferência do orientado.

Identificação de objetivos

É o momento em que o coach auxilia o coachee a encontrar seus objetivos de maneira mais clara. Pode ser, inclusive, que um profissional procure ajuda para alcançar algo e, pelo caminho, descubra que de fato tem em mente outros objetivos.

Planejamento de metas

Quando alguém procura um coaching, deve considerar que se trata de um processo prático. Por isso, depois que são identificados os objetivos, o orientador monta um plano de ação com metas realistas para ajudar a alcançá-los.

Desenvolvimento de habilidades

A partir de então, são propostos alguns exercícios, gatilhos mentais e outras técnicas para desenvolver as habilidades necessárias para atingir os objetivos. Essa costuma ser a etapa mais longa e varia bastante de acordo com o tipo de coaching e as necessidades da própria pessoa.

Quais são os benefícios da relação entre coaching e compliance?

A essa altura, você pode estar se perguntando o que tem a ver coaching e compliance, não é mesmo? Como já dissemos, esse treinamento pode ser usado por profissionais de todas as áreas e tem diferentes utilidades.

Para o profissional de compliance, é uma oportunidade de se conhecer e entender quais problemas o impedem de alcançar resultados melhores. É uma forma de desenvolver as competências que tornam um profissional ainda mais capacitado e realizado. Sem contar que é uma oportunidade para aqueles que querem migrar para a área de compliance. Com isso, eles podem processar e alcançar essa mudança mais rapidamente. A seguir, confira alguns benefícios da relação entre coaching e compliance.

Ajuda a identificar problemas

Um dos principais focos do coaching é identificar os obstáculos e bloqueios que impedem o crescimento de um profissional. Assim, ele ajuda o coachee a lidar com esses problemas de maneira mais rápida e acertada.

Contribui para a superação do medo

Muitos desses obstáculos existem por medo, ansiedade e limitações. O coaching não apenas procura solucionar os problemas, mas também identifica e resolve suas causas.

Trabalha a capacidade de liderança

Ser um compliance officer é estar em uma posição de gestão — mas não significa ser um líder. Pelo contrário, o coach pode trabalhar a liderança, habilidade essencial para melhorar a persuasão e aumentar o engajamento dos liderados.

Melhora o foco e a concentração

Muitas vezes, o profissional de compliance não alcança seus objetivos por não ter foco e não ser suficientemente organizado. E essa é uma das melhorias percebidas por quem passa por um processo de coaching.

Desenvolve competências que o mercado valoriza

Por fim, um dos maiores benefícios é tornar o compliance officer o profissional que o mercado procura. Isso é feito a partir do desenvolvimento de competências específicas, que são mais valorizadas para a profissão.

O fato é que se você atua ou pretende atuar na área, vale a pena conhecer esse processo que tem transformado tantos profissionais. A relação entre coaching e compliance oferece benefícios de longo prazo, os quais contribuem para a performance e a superação de desafios.

Quer conferir mais posts com dicas sobre carreira e desenvolvimento profissional? Então, assine nossa newsletter e não perca nenhuma novidade!